RENDIMENTO DE FITOMASSA DE MANJERICÃO CULTIVADO EM DIFERENTES AMBIENTES DE LUZ

Autores

  • Lavine Matos
  • Gilvanda Anjos
  • Diego Souza
  • Nalbert Santos
  • Anacleto Santos

Palavras-chave:

malhas coloridas, nutrição mineral de plantas, Ocimum basilicum L.

Resumo

O manjericão é uma das ervas mais populares e úteis na culinária devido ao seu
aroma e sabor, e além disso possui elevados conteúdos de princípios ativos, que
apresentam propriedades farmacológicas presentes em inúmeros medicamentos.
Avaliou-se diferentes ambientes de luz no rendimento de fitomassa de plantas de
Ocimun basilicum L. O trabalho foi realizado entre junho e julho de 2015, na área
de experimentos da UFRB, em Cruz das Almas/BA. O delineamento foi o
inteiramente casualizado com três tratamentos, os quais constituíram-se de
diferentes situações de luminosidade: pleno sol, malha fotoconversora vermelha
e malha termo-refletora aluminizada, com dez repetições. Foram avaliadas as
seguintes características de fitomassa: a altura da planta, diâmetro do caule,
comprimento da raiz, número de folhas, massa da matéria seca das folhas, hastes,
parte aérea e raiz, e os índices de clorofila. Houve efeito significativo (p<0,05)
através do teste F da ANOVA para o número de folhas, massa da matéria seca das
folhas, da parte aérea, das raízes e massa da matéria seca total.

Downloads

Publicado

2017-06-20

Como Citar

Matos, L. ., Anjos, G. ., Souza, D. ., Santos, N. ., & Santos, A. . (2017). RENDIMENTO DE FITOMASSA DE MANJERICÃO CULTIVADO EM DIFERENTES AMBIENTES DE LUZ . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 14(25). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/920

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>