APLICAÇÃO DO MÉTODO PBC PARA AVALIAÇÃO DA COMPLEXIDADE DAS DISTRIBUIÇÕES GAMA E NAKAGAMI NA ANÁLISE DE DADOS DE PRECIPITAÇÃO

Autores

  • Larissa Fernandes
  • Josmar Mazucheli
  • Isabele Emanuelli

Palavras-chave:

Climatologia, Distribuição de Probabilidade, Método CrossFitting

Resumo

Em geral, a seleção da distribuição de probabilidade com o melhor ajuste não considera a complexidade das distribuições rivais. O método PBC (Parametric Bootstrap Cross-Fitting) mede o viés causado pelo mimetismo das distribuições candidatas, levando em consideração a avaliação da complexidade das mesmas. Considerando a importância de explicar o comportamento dos volumes de precipitações mensais e da possibilidade do uso do método PBC para comparação do ajuste de duas distribuições concorrentes, objetivou-se neste trabalho realizar a discriminação e a comparação do mimetismo das distribuições Gama e Nakagami, aplicando o método PBC aos dados de precipitações mensais da estação meteorológica convencional de Maringá - PR, observados entre 1964 e 2016. Embora Nakagami não seja uma distribuição muito utilizada em estudos envolvendo variáveis de natureza climatológica, os resultados referentes a aplicação do método PBC indicam que para a maior parte das séries históricas mensais, a distribuição mais apropriada para a descrição do comportamento da precipitação mensal é a Nakagami quando comparada a Gama. Ainda, foi verificado que a Gama é funcionalmente mais complexa em relação a Nakagami, apresentando maior viés causado pelo mimetismo em todas as séries de precipitação mensal total. 

Downloads

Publicado

2017-12-05

Como Citar

Fernandes, L. ., Mazucheli, J. ., & Emanuelli, I. . (2017). APLICAÇÃO DO MÉTODO PBC PARA AVALIAÇÃO DA COMPLEXIDADE DAS DISTRIBUIÇÕES GAMA E NAKAGAMI NA ANÁLISE DE DADOS DE PRECIPITAÇÃO . ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 14(26). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/791

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)