INSETOS SOCIAIS E SUA CORRELAÇÃO COM O AMBIENTE URBANO EM BARBACENA, MINAS GERAIS – UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Daniela Silva
  • Delton Francelino
  • Natália Dias

Palavras-chave:

Formigas, Meio Ambiente, Urbanidades

Resumo

Na atualidade, têm sido cada vez mais relevantes estudos que busquem entender a relação entre insetos e as mudanças ambientais provocadas por ações antrópicas. Esta pesquisa objetivou, entre os meses de agosto de 2021 e outubro de 2023, realizar coleta, observação e identificação de gêneros/espécies de formigas em três praças situadas na região central de Barbacena, Minas Gerais e discutir processos ecoeducativos. Tal propósito teve a intenção de entender quais espécies sinantrópicas seriam mais presentes e a relação direta entre suas ecologias e a dinâmica da vida em sociedade humana em uma região muito antropizada. Metodologicamente, a pesquisa foi distribuída em quatro etapas elementares, seguindo pressupostos de organização de iscas/armadilhas, coletas e identificação propostos por Baccaro et al. (2015). Outros quadros teóricos também foram utilizados. Identificou-se a prevalência de três gêneros de formigas tipicamente reconhecidas em meio urbano. Também se discute, neste estudo, a importância de análises constantes com essas características e também processos ecoeducativos, que tenham potencial para difundir informações científicas de credibilidade à sociedade.

Downloads

Publicado

2023-12-20

Como Citar

Silva, D. ., Francelino, D., & Dias, N. . (2023). INSETOS SOCIAIS E SUA CORRELAÇÃO COM O AMBIENTE URBANO EM BARBACENA, MINAS GERAIS – UM ESTUDO DE CASO . ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 20(46), 155-164. Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5720

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)