DESAFIOS E POTENCIALIDADES NA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR (PNAE) NO MUNICÍPIO DE PLACAS, PARÁ

Autores

  • Vanicleide Andrade
  • Maristela Silva

Palavras-chave:

Agricultura familiar, alimentação escolar, atores sociais

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo abordar os desafios e potencialidades encontrados na implantação do Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE) no município de Placas no estado do Pará, a partir da visão de diferentes atores sociais. A metodologia utilizada abordou aspectos qualitativo e quantitativo, por intermédio de uma pesquisa bibliográfica e da pesquisa de campo, com realização de entrevistas com 11 famílias que participam do PNAE no município e representantes das instituições que atuam no programa. O Programa foi implantado no município através de ações de várias instituições e atores sociais que contribuíram para a efetivação das várias etapas no programa. Atualmente 11 agricultores familiares participam do programa através da produção de espécies frutíferas, hortaliças e produtos animais, esses alimentos são preparados através de um cardápio diversificado na alimentação escolar. Os principais desafios identificados foram à ampliação da assistência técnica para as atividades produtivas, dificuldades de entendimento da documentação necessária para obter o cadastro ao programa, a falta de articulação entre os atores envolvidos no programa, além da dificuldade ao acesso das estradas vicinais para transporte dos produtos. Entre as potencialidades destacou-se os resultados satisfatório quanto ao aumento da renda das famílias que participam do programa, melhoria da qualidade da alimentação escolar no município, com produtos produzidos no local e originados da agricultura familiar.

Downloads

Publicado

2023-12-20

Como Citar

Andrade, V. ., & Silva, M. . (2023). DESAFIOS E POTENCIALIDADES NA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR (PNAE) NO MUNICÍPIO DE PLACAS, PARÁ. ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 20(46), 109-122. Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5716