CARCINOMA POUCO DIFERENCIADO ULCERADO E INVASIVO EM ESQUILODA-MONGÓLIA (Meriones unguiculatus) – RELATO DE CASO

Autores

  • Maxsuel Pedro Lima
  • Vitor Fernando Malta
  • Maria Clara Pedri
  • Yuri Lima
  • Laura Pereira
  • Haynne Letiscia Santos
  • Amanda Moreira
  • Fabiano Prazeres Júnior

Palavras-chave:

Glândula de cheiro, Hemorragia, Neoplasia, Roedor

Resumo

O esquilo-da-mongólia é uma espécie de roedor popularmente criado como animal de estimação e os atendimentos na clínica de animais não convencionais são recorrentes. Dentre as diversas patologias que acometem estes animais, neoplasias são comumente relatadas. O presente trabalho relata um gerbo, macho, de quatro anos de idade, pesando 89g. Como principal queixa o tutor relatou que o paciente possuía uma lesão na região do ventre do animal, sendo visualizado um nódulo na glândula do cheiro durante o exame físico. Após estabilização do quadro inicial, o paciente foi encaminhado para o procedimento de excisão cirúrgica da massa ventral. A amostra coletada foi encaminhada para análise histopatológica, sendo confirmado o diagnóstico para carcinoma pouco diferenciado ulcerado e invasivo. Deste modo, técnicas cirúrgicas para resolução do quadro clínico que acometem a glândula de cheiro tornam-se imprescindíveis.

Downloads

Publicado

2023-12-20

Como Citar

Lima, M. P. ., Malta, V. F. ., Pedri, M. C. ., Lima, Y. ., Pereira, L. ., Santos, H. L., Moreira, A. ., & Prazeres Júnior, F. . (2023). CARCINOMA POUCO DIFERENCIADO ULCERADO E INVASIVO EM ESQUILODA-MONGÓLIA (Meriones unguiculatus) – RELATO DE CASO . ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 20(46), 59-65. Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5712