ESTADO NUTRICIONAL MATERNO E SEUS IMPACTOS NO ESTADO NUTRICIONAL DE RECÉM-NASCIDOS EM PALMAS-TO

Autores

  • Juliana Almeida
  • Rayane Silva
  • Renata Pereira

Palavras-chave:

Idade gestacional, Estado nutricional, Peso ao nascer

Resumo

O objetivo do presente estudo foi investigar o estado nutricional gestacional materno e seus impactos na antropometria ao nascer de recém-nascidos, acompanhados na rede pública de saúde de Palmas, Tocantins. Participaram do estudo lactantes adultas, entre 15 e 90 dias pós-parto, usuárias da rede pública de saúde e seus recém-nascidos. Os dados antropométricos da gestação e atuais foram obtidos dos cartões da gestante e da criança. Aplicou-se um questionário estruturado para obtenção de informações socioeconômicas e de saúde. A associação entre o peso ao nascer e o peso atual dos recém-nascidos estudados foi significativamente positiva (p=0,00039). As correlações significativas observadas entre a idade gestacional ao nascer e peso ao nascer, assim como idade gestacional ao nascer e comprimento ao nascer, confirmam a literatura, sobre a importância do nascimento a termo na redução das chances de complicações neonatais e óbitos. Neste estudo evidenciou-se a influência da idade gestacional sobre peso e comprimento ao nascer dos neonatos, bem como a influência do aleitamento materno no ganho de peso e crescimento linear dos lactentes estudados.

Downloads

Publicado

2023-09-28

Como Citar

Almeida, J. ., Silva, R. ., & Pereira, R. . (2023). ESTADO NUTRICIONAL MATERNO E SEUS IMPACTOS NO ESTADO NUTRICIONAL DE RECÉM-NASCIDOS EM PALMAS-TO. ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 20(45), 133-146. Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5689

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>