DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA BALANOPOSTITE EM CÃO ERRANTE (Canis familiaris, LINNAEUS, 1758) - RELATO DE CASO

Autores

  • Ana Cinthia Costa
  • Júlia Carvalho
  • Matheus Oliveira
  • André Flávio Pessoa
  • Victor Fernando Lima

Palavras-chave:

Balanopostite, Cão, Pênis, Tratamento

Resumo

Nos cães, a balanopostite é uma das afecções que podem atingir o sistema reprodutor de machos de diferentes raças e idades. Sendo esta, uma condição caracterizada através da inflamação da glande e do prepúcio do pênis. Que embora tenha gravidade variável, pode acarretar problemas ulcerativos, reprodutivos e até mesmo necrose. Por ser considerada uma patologia recorrente, com implicações graves à saúde canina, o objetivo desse trabalho é relatar o diagnóstico e tratamento da balanopostite em um cão errante. Foi atendido no ambulatório da Clínica Veterinária Escola da Universidade Federal de Sergipe, campus do Sertão, um cão (Canis familiaris), macho, adulto, com dois anos de idade aproximadamente, sem raça definida, pesando 15,2kg com histórico de secreção peniana fétida e recorrente. Na avaliação clínica, observou-se a presença de inflamação associada a dor durante a manipulação prepucial, além de edema peniano e gotejamento constante de secreção purulenta esverdeada com odor fétido. Sugerindo-se a ocorrência de balanopostite, realizou-se a citologia por imprint da secreção peniana, assim como, a confecção de swabs da mucosa prepucial e da glande para avaliação da celularidade. O tratamento consistiu inicialmente na terapia antibiótica e antiinflamatória, atrelada à limpeza com solução antisséptica. Com a regressão das lesões genitais ao 10º dia, o paciente foi submetido a orquiectomia. Alcançando a redução significativa de neutrófilos, bactérias e células epiteliais, 10 dias após o procedimento cirúrgico, quando obteve alta médica.

Downloads

Publicado

2023-03-23

Como Citar

Costa, A. C. ., Carvalho, J. ., Oliveira, M. ., Pessoa, A. F. ., & Lima, V. F. . (2023). DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA BALANOPOSTITE EM CÃO ERRANTE (Canis familiaris, LINNAEUS, 1758) - RELATO DE CASO. ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 20(43), 82-89. Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5612

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>