QUALIDADE FISIOLÓGICA E SANITÁRIA DE SEMENTES COMERCIAIS DE ALFACE E RÚCULA

Autores

  • Sabrina Pariz
  • Osvaldo Silva Junior
  • Edneia Paccola
  • Francielli Gasparotto

Palavras-chave:

Eruca sativa, Lactuca sativa, produção de mudas

Resumo

A cada ano o consumo de hortaliças folhosas cresce no Brasil, com destaque para a alface e a rúcula. Para estas duas culturas, uma etapa bastante importante em seu sistema produtivo é a obtenção de mudas de qualidade, e um fator determinante para que este objetivo seja alcançado é o emprego de sementes de qualidade. Neste sentido, o conhecimento da qualidade dos lotes de sementes comercializadas auxiliará na redução de problemas no campo e pode acarretar em maior lucratividade para os produtores. Assim, objetivou-se avaliar a qualidade sanitária e fisiológica de sementes de alface e rúcula comercializadas na região de Maringá-PR. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições por cultivar. Foi analisada a qualidade de duas cultivares de alface, crespa e americana, e duas de rúcula, folha larga e cultivada adquiridas comercialmente. Para análise da qualidade fisiológica empregaram-se os testes de germinação, primeira contagem e o índice de velocidade de germinação, já a avaliação sanitária foi realizada por meio do Blotter Test com congelamento. De acordo com os resultados obtidos, verificou-se que para as sementes de alface a cultivar crespa apresentou melhor qualidade fisiológica e sanitária comparada a cultivar americana e na avaliação das sementes de rúcula de modo geral, a cultivar folha larga apresentou resultados superiores em relação a cultivar cultivada nos testes realizados. Porém, ambas as hortaliças avaliadas apresentam porcentagem de germinação menor do que a mínima estabelecida pela legislação nacional.

Downloads

Publicado

2022-09-27

Como Citar

Pariz, S. ., Silva Junior, O. ., Paccola, E. ., & Gasparotto, F. . (2022). QUALIDADE FISIOLÓGICA E SANITÁRIA DE SEMENTES COMERCIAIS DE ALFACE E RÚCULA. ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 19(41). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5532