EFICÁCIA DA BIOTERAPIA NO TRATAMENTO CONTRA CARRAPATOS EM CÃES DOMÉSTICOS

Autores

  • Rafael Zanani
  • Matheus Mello
  • Luciana Rodovalho
  • Liliana Menezes

Palavras-chave:

Bioterápico, Canino, Ectoparasitose

Resumo

Carrapatos são ectoparasitas que podem infestar vários animais domésticos. Existe preocupação com os efeitos colaterais que os antiparasitários químicos causam nos animais, apesar dessas drogas serem aprovadas por órgãos reguladores e considerados seguros pelos profissionais de saúde. Os bioterápicos têm sido apresentados como alternativa segura e eficaz para tratamento de carrapatos. Este estudo restrospectivo avaliou a eficácia do uso de bioterápico contra carrapatos em cães domésticos naturalmente infestados. Foram acompanhados 64 animais da espécie Canis familiaris divididos em dois grupos, sendo: grupo teste (bioterápico) e o grupo controle (fipronil). Foram avaliados segundo os critérios: grau de parasitismo inicial e final, presença ou não. Na presença de ectoparasitas avaliou-se a intensidade dos seguintes sinais: prurido, dificuldade respiratória, alopecia, vômito, diarréia; assim como dificuldade e forma de administração. No final do estudo podese concluir que o bioterápico mostrou-se mais eficaz no tratamento contra carrapatos com redução na intensidade de parasitismo de 84,7% contra 70,8% do grupo controle.

Downloads

Publicado

2022-09-27

Como Citar

Zanani, R. ., Mello, M. ., Rodovalho, L. ., & Menezes, L. . (2022). EFICÁCIA DA BIOTERAPIA NO TRATAMENTO CONTRA CARRAPATOS EM CÃES DOMÉSTICOS. ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 19(41). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5519