CULTURA DE SEGURANÇA DO PACIENTE PERCEBIDA POR PROFISSIONAIS DE SAÚDE QUE ATUAM EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA (UTI)

Autores

  • Raphaela Albanez
  • Renata Corinto
  • Adriana Sadoyama
  • Geraldo Sadoyama

Palavras-chave:

Cultura de Segurança, Segurança do Paciente, UTI

Resumo

O objetivo deste estudo foi sistematizar o conhecimento produzido acerca da cultura de segurança do paciente percebido por profissionais de saúde que atuam em unidades de terapia intensiva. O método de pesquisa utilizado foi a revisão integrativa da literatura. Foram utilizadas as bases de dados MEDLINE, LILACS, IBESC e BDENF-Enfermagem, e os descritores “Cultura de Segurança and Segurança do Paciente and Pessoal da Saúde and Unidades de Terapia Intensiva”. Os artigos avaliados referem-se ao período de 2015 a 2019, disponíveis em português, inglês e espanhol. Por fim, foram selecionado nove artigos. As publicações evidenciaram a existência de informações pertinentes sobre o tema. Concluindo, os profissionais devem ser atualizados quanto às expectativas referentes a cultura de segurança, e quanto as ações que promovam a segurança e o trabalho em equipe contribuem para a percepção de segurança do paciente.

Downloads

Publicado

2022-03-31

Como Citar

Albanez, R. ., Corinto, R. ., Sadoyama, A. ., & Sadoyama, G. . (2022). CULTURA DE SEGURANÇA DO PACIENTE PERCEBIDA POR PROFISSIONAIS DE SAÚDE QUE ATUAM EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA (UTI). ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 19(39). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5428

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>