MARCO TEMPORAL DAS POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM MOÇAMBIQUE: PERSPECTIVAS DE FORMAÇÃO E OS ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS

Autores

  • Félix Matias
  • Cláudia Lima

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos em Moçambique, Marco temporal, Políticas de Educação

Resumo

O presente artigo teve por objetivo refletir sobre os marcos temporais que vem
influenciando nas políticas de alfabetização e educação de jovens e adultos (EJA)
concebidas e implementadas em Moçambique. Partindo da concepção históricofilosófica, efetua-se uma discussão relativa às políticas da EJA que ao longo dos
tempos vêm sendo concebidas, de modo a compreender a razão da sua concepção,
tendo em conta o contexto e os desafios de cada momento; ou seja, procura-se
entender, o que tem influenciado a concepção das políticas e das estratégias de EJA
no País, e com que visão ou referência básica pedagógica e social se baseia a
concepção das políticas educativas moçambicanas? Com estas indagações teve-se
como objetivos específicos: identificar as grandes etapas que marcam o percurso da
EJA e de todo um sistema nacional de ensino em Moçambique; analisar a
contribuição de Paulo Freire na concepção e implementação das políticas públicas
de educação no País; e descrever alguns fatores que influenciam no insucesso das
políticas educativas implementadas. O estudo concluiu que, por um lado, a trajetória
da EJA em Moçambique pode ser entendida através de três etapas, e por outro, o
percurso de todo o sistema nacional de educação no País pode ser compreendido a
partir de dois períodos distintos nomeadamente, a educação antes da independência
e a educação pós-independência. Conclui-se também que a visão de Freire sobre a
educação tem sido fundamental na concepção das políticas da EJA; Percebeu-se
ainda que os aspectos socioeconômicos têm influenciado significativamente nas
políticas educativas.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Matias, F. ., & Lima, C. . (2021). MARCO TEMPORAL DAS POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM MOÇAMBIQUE: PERSPECTIVAS DE FORMAÇÃO E OS ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 18(36). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5263