HEMIPENECTOMIA EM JIBOIA-CONSTRITORA (Boa constrictor LINNEAUS, 1758) – RELATO DE CASO

Autores

  • Igo Santos
  • Manuel Oliveira Neto
  • Matheus Oliveira
  • Weslania Silva
  • Victor Fernando Lima

Palavras-chave:

Cirurgia, Hemipenectomia, Reabilitação, Serpente

Resumo

Casos de priapismo hemipênico em répteis escamados é uma condição
frequentemente observada na clínica de animais selvagens, exigindo o uso de técnicas
para corrigir ou remover o órgão comprometido. Dentre as causas mais comuns, estão
os processos traumáticos, infecciosos, neurológicos e metabólicos. Nesse trabalho,
relatou-se o procedimento de hemipenectomia parcial em um exemplar de jiboia- constritora (Boa constrictor) vítima de traumatismo por espancamento com bastão de
madeira. Manobras manuais foram realizadas na tentativa de reposicionar o órgão na
cavidade celomática, mas sem sucesso, assim, o paciente foi submetido a
hemipenectomia parcial para excisão da face anterior e cordão espermático do
hemipênis esquerdo. Para a realização do procedimento cirúrgico, o animal foi contido
farmacologicamente, seguido de bloqueio regional e excisão total do órgão. No pós- operatório, o animal apresentou melhora clínica, com reabilitação total no sétimo dia,
sendo reintroduzido em seu ambiente natural.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Santos, I. ., Oliveira Neto, M. ., Oliveira, M. ., Silva, W. ., & Lima, V. F. (2021). HEMIPENECTOMIA EM JIBOIA-CONSTRITORA (Boa constrictor LINNEAUS, 1758) – RELATO DE CASO. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 18(36). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/5262

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>