APLICAÇÃO DA LÓGICA FUZZY NA ANÁLISE DO ÍNDICE CORPORAL DE CAVALOS DA RAÇA MANGALARGA MARCHADOR

Autores

  • Esdras Costa
  • Rodrigo Santos
  • Fernando Ricardo Moreira
  • Christian Cabacinha
  • Marcio Koetz

Palavras-chave:

Lógica fuzzy, índice corporal, mangalarga marchador

Resumo

O índice corporal é um dos mais importantes índices na análise da morfometria do cavalo Mangalarga Marchador, uma vez que relaciona o comprimento do corpo com o perímetro torácico, classificando os animais de acordo com determinados valores, podendo ser longilíneos, mediolíneos e brevilíneos. As variáveis envolvidas neste processo são conhecidas e contínuas, enquanto que a classificação final não apresente tal perfil, sendo incompatível com esta continuidade. Baseado neste perfil, os termos utilizados nesta classificação podem ser tratados como variáveis linguísticas de entrada que geram uma variável resposta de um sistema baseado em regras fuzzy. Assim, o objetivo deste trabalho foi apresentar um sistema baseado na lógica fuzzy que pudesse fornecer o índice corporal (IC) de um cavalo da raça Mangalarga Marchador, de maneira que o resultado coincidisse com o método tradicional, incluindo também pontos de sobreposição nas variáveis, onde existem graus de incerteza que podem influenciar na variável resposta. Ao final da pesquisa o modelo proposto conseguiu realizar o trabalho de generalização do método tradicional da forma como foi planejado, mostrando que a lógica fuzzy é uma ferramenta interessante para trabalhar este tipo de situação.

Downloads

Publicado

2010-03-30

Como Citar

Costa, E., Santos, R. ., Moreira, F. R. ., Cabacinha, C. ., & Koetz, M. . (2010). APLICAÇÃO DA LÓGICA FUZZY NA ANÁLISE DO ÍNDICE CORPORAL DE CAVALOS DA RAÇA MANGALARGA MARCHADOR . ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 6(09). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/4720

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 > >>