DISPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NO INSTITUTO FEDERAL GOIANO CAMPUS URUTAÍ: APLICAÇÃO DE FERRAMENTAS DE MELHORIA AMBIENTAL

Autores

  • Daniele Cipriano
  • Marcelo Santos
  • Marcos Sousa

Palavras-chave:

Resíduos, Gerenciamento, Lixão

Resumo

O atual sistema de desenvolvimento tem estimulado as pessoas a consumirem mais produtos, tendo como conseqüência uma quantidade de descarte de resíduos no meio ambiente. Onde muitos destes resíduos têm contribuído para a contaminação do meio ambiente, trazendo riscos à saúde do homem e de todo o ecossistema. Isso devido à falta de um gerenciamento de resíduos sólidos diante de suas classificações, que são lançados e armazenados no ambiente de maneira indevida. Sendo assim, o trabalho desenvolvido teve como objetivo verificar o conhecimento dos prestadores de serviço na área de limpeza do Instituto Federal Goiano Campus Urutaí, por meio da aplicação de um questionário com questões objetivas sobre o gerenciamento dos resíduos gerados no mesmo. Contudo foi possível diagnosticar após a avaliação dos dados que 75% dos entrevistados acreditam que o resíduo mais produzido no Instituto é o papel, sendo a lanchonete o setor que gera maior fluxo de resíduo, onde o risco de contrair doenças devido à falta de um gerenciamento adequado teve maior importância para os entrevistados. Além de propor o plano de ação que corresponde à implantação de coleta seletiva, projetos de educação ambiental e curso profissionalizante sobre gerenciamento de resíduos sólidos.

Downloads

Publicado

2010-06-30

Como Citar

Cipriano, D. ., Santos, M. ., & Sousa, M. . (2010). DISPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NO INSTITUTO FEDERAL GOIANO CAMPUS URUTAÍ: APLICAÇÃO DE FERRAMENTAS DE MELHORIA AMBIENTAL. ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 6(10). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/4643

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>