EFEITO DO PROCESSAMENTO NA CAPACIDADE ANTIOXIDANTE DO NONI (Morinda citrifolia)

Autores

  • Cícero Pola
  • Mateus Junqueira
  • Ramon Carvalho
  • Luciano José Teixeira
  • Sérgio Henriques Saraiva

Palavras-chave:

Morinda citrifolia, capacidade antioxidante, processamento

Resumo

O noni é uma fruta originária das ilhas do pacífico, famosa por suas propriedades
nutracêuticas, das quais a de maior destaque é a capacidade antioxidante. Este
trabalho teve como objetivo quantificar os compostos fenólicos do noni cultivado em
Alegre - ES e avaliar seu potencial antioxidante por meio do método de DPPH,
submetido a diferentes formas de processamento e durante o armazenamento. O
fruto refrigerado foi analisado quanto a sua capacidade antioxidante e concentração
de compostos fenólicos durante os tempos zero, 1, 2 e 3 dias. Já o pó, resultado do
processamento do noni e que foi armazenado sob refrigeração, foi submetido às
mesmas análises, durante os tempos zero, 25, 50 e 75 dias. O noni em pó obteve
maior capacidade antioxidante, principalmente devido à concentração da matéria
seca, e esta se manteve estável a médio prazo de armazenamento sob refrigeração
a 8 °C, permitindo que pequenas quantidades consumidas forneçam maiores
benefícios que grandes quantidades de fruto.

Downloads

Publicado

2011-05-31

Como Citar

Pola, C. ., Junqueira, M. ., Carvalho, R. ., Teixeira, L. J., & Saraiva, S. H. . (2011). EFEITO DO PROCESSAMENTO NA CAPACIDADE ANTIOXIDANTE DO NONI (Morinda citrifolia). ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 7(12). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/4491

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3