RESISTÊNCIA DO SOLO À PENETRAÇÃO EM UM LATOSSOLO VERMELHO DISTRÓFICO TÍPICO SOB DIFERENTES USOS

Autores

  • Marcelo Benedetti
  • Ivaniele Duarte
  • Heliomar Melo Júnior
  • Elias Borges

Palavras-chave:

resistência do solo à penetração, densidade do solo, sistemas de manejo

Resumo

A degradação do solo provoca modificações nas suas propriedades físicas com
reflexos na sua qualidade para a produção agrícola. Na fazenda Floresta do
Lobo, município de Uberlândia, no Estado de Minas Gerais, conduziu-se um
estudo com o objetivo de se avaliar a resistência do solo à penetração sob
diferentes condições de uso. Foram avaliadas cinco situações distintas de
manejo em um Latossolo Vermelho distrófico típico de textura argilosa. Os
dados de resistência do solo à penetração indicaram variações significativas
entre as profundidades estudadas. Os valores máximos de densidade do solo
encontrados neste estudo não ultrapassaram os limites críticos ao
desenvolvimento radicular. Menores valores de macroporosidade foram
encontrados no tratamento de Plantio Convencional (PC). O estudo da
resistência do solo à penetração mostrou-se intimamente relacionado com o
teor de umidade e densidade do solo.

Downloads

Publicado

2010-12-30

Como Citar

Benedetti, M. ., Duarte, I. ., Melo Júnior, H. ., & Borges, E. . (2010). RESISTÊNCIA DO SOLO À PENETRAÇÃO EM UM LATOSSOLO VERMELHO DISTRÓFICO TÍPICO SOB DIFERENTES USOS. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 6(11). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/4417

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>