DENSIDADE DO SOLO E ÁGUA DISPONÍVEL EM SISTEMAS DE MANEJO DE RECUPERAÇÃO DE PASTAGEM

Autores

  • Edna Maria Bonfim-Silva
  • Tonny José Silva
  • Elizabeth Kazama

Palavras-chave:

Física do solo, Brachiaria brizantha, semeadura direta

Resumo

Objetivou-se por este trabalho avaliar efeito de três sistemas de manejo de solo em
pastagem e seus efeitos na densidade do solo e na capacidade de água disponível
no primeiro ano de avaliação. O experimento foi conduzido em condições de campo,
na Universidade Federal de Mato Grosso, Campus de Rondonópolis-MT no período
de agosto de 2009 a julho de 2010. Utilizou-se delineamento de blocos
casualizados, composto por três tratamentos (adubação química, adubação química
associada ao uso de grade e recuperação por meio da semeadura direta) e oito
repetições, perfazendo o total de 24 parcelas experimentais de 90 m2. A
metodologia para avaliação da densidade do solo foi a do torrão parafinado, e para
determinação da capacidade de água disponível foi utilizado o programa Soil-PlantAir-Water & Pond Hidrology (SPAW), onde se utiliza valores de granulometria do solo. A granulometria foi determinada pelo método de Bouyoucos. A densidade do
solo e a capacidade de água disponível não são influenciados pelos sistemas de
manejo adotados no primeiro ano da implantação dos sistemas de recuperação de
pastagem.

Downloads

Publicado

2010-12-30

Como Citar

Bonfim-Silva, E. M. ., Silva, T. J. ., & Kazama, E. . (2010). DENSIDADE DO SOLO E ÁGUA DISPONÍVEL EM SISTEMAS DE MANEJO DE RECUPERAÇÃO DE PASTAGEM. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 6(11). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/4329

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>