SELEÇÃO DE EQUAÇÕES VOLUMETRICAS PARA A PREDIÇÃO DO VOLUME TOTAL DE Eucalyptus urophylla S. T. BLAKE NA REGIÃO NORTE DO ESTADO DE GOIÁS

Autores

  • Eder Miguel
  • Fabrício Leal

Palavras-chave:

Inventário Florestal, Biometria Florestal, Floresta Plantada

Resumo

Este estudo foi realizado em um povoamento de Eucalyptus urophylla, com uma
densidade inicial de aproximadamente 1666 árvores por hectare, (3 x 2 m), em
propriedade da Empresa Anglo American plc (CODEMIM), localizada no município
de Niquelândia, no Estado do Goiás. O objetivo foi selecionar modelos volumétricos
de simples e dupla entrada para a estimativa do volume total com casca. No total
foram ajustados 16 modelos volumétricos, sendo dez (10) de dupla entrada e seis
(6) de simples entrada. A base de dados foi composta por 48 árvores cubadas
rigorosamente pelo método de Smalian, para o ajuste dos modelos volumétricos. As
equações selecionadas foram avaliadas com base nos seguintes critérios para sua
seleção: Gráfico de resíduos, Erro Padrão da Estimativa (Syx) e Coeficiente de
Determinação Ajustado (R²). Os resultados apontaram que os modelos de Brenac,
para a categoria de simples entrada e o modelo de Takata, para a categoria de
dupla entrada foram os modelos selecionados para a estimativa do volume total com
casca. Os modelos de dupla entrada em geral foram superiores aos de simples
entrada, resultados estes que estão em consonância com a literatura, pois
conseguem representar melhor a população amostrada, captando e explicando
melhor suas variações em função do DAP e da Altura.

Downloads

Publicado

2012-06-30

Como Citar

Miguel, E. ., & Leal, F. . (2012). SELEÇÃO DE EQUAÇÕES VOLUMETRICAS PARA A PREDIÇÃO DO VOLUME TOTAL DE Eucalyptus urophylla S. T. BLAKE NA REGIÃO NORTE DO ESTADO DE GOIÁS. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(14). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3968

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>