EFICIÊNCIA DE DIFERENTES MÉTODOS NA SUPERAÇÃO DA DORMÊNCIA DE SEMENTES DE Apuleia leiocarpa (Vogel) J.F.Macbr

Autores

  • Rudinei Marco
  • Bruno Conte
  • Talita Baldin
  • Anderson Pertuzatti
  • Edison Cantarelli

Palavras-chave:

grápia, espécie florestal, escarificação, germinação

Resumo

A grápia (Apuleia leiocarpa) é uma espécie florestal nativa do Sul do Brasil e
amplamente distribuída por todo país. As sementes desta espécie apresentam
dormência decorrente da impermeabilidade do tegumento à água, sendo necessário
o emprego de tratamentos para superá-la. O presente estudo visa caracterizar o
método mais eficaz para o sucesso da quebra da dureza do pericarpo das sementes
de Apuleia leiocarpa. Para isto, foi conduzido um ensaio experimental com quatro
diferentes métodos em delineamento inteiramente casualizado com quatro
repetições contendo 27 sementes cada. Os tratamentos utilizados para a superação
da dormência foram dispostos em testemunha; escarificação com H2SO4;
escarificação com água quente e escarificação mecânica. Os resultados
demonstram que todos os tratamentos aplicados proporcionaram uma maior
germinação em relação à testemunha. A escarificação química com H2SO4 pode ser
indicada na superação da dormência de sementes de Apuleia leiocarpa, sendo que
este tratamento favoreceu a porcentagem e a velocidade de germinação. A
escarificação mecânica se apresentou como um método alternativo eficaz.

Downloads

Publicado

2012-06-30

Como Citar

Marco, R. ., Conte, B. ., Baldin, T. ., Pertuzatti, A. ., & Cantarelli, E. . (2012). EFICIÊNCIA DE DIFERENTES MÉTODOS NA SUPERAÇÃO DA DORMÊNCIA DE SEMENTES DE Apuleia leiocarpa (Vogel) J.F.Macbr . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(14). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3878

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)