COMPOSIÇÃO QUÍMICA E AVALIAÇÃO DO POTENCIAL INSETICIDA DO ÓLEO ESSENCIAL DE Chenopodium ambrosioides NO CONTROLE DE Frankliniella schultzei

Autores

  • Vando Rondelli
  • Adilson Costa
  • Vagner Queiroz
  • Patrícia Pinheiro
  • Dirceu Pratissoli

Palavras-chave:

Erva-de-santa-maria, tripes, óleos voláteis, bioinseticida

Resumo

O tripes Frankliniella schultzei é conhecido por atacar uma ampla variedade de
plantas cultivadas, como tomate, algodão, soja e uva. O controle desta praga se dá
pelo uso de inseticidas sintéticos, que podem promover o surgimento de populações
resistentes do inseto. Com intuito de substituir e/ou reduzir o uso dos agrotóxicos
sintéticos por produtos ecologicamente corretos, este trabalho tem como objetivo
determinar a composição química e avaliar a atividade inseticida do óleo essencial
de erva-de-santa-maria, Chenopodium ambrosioides, sobre F. schultzei. O óleo
essencial foi obtido por hidrodestilação, utilizando um aparelho tipo Clevenger e o
seu rendimento foi determinado em relação à massa seca da planta. A identificação
dos seus componentes foi realizada por cromatografia gasosa com detector de
ionização de chama e espectrometria de massas. Uma torre de Potter foi utilizada
para pulverizar os insetos com óleo essencial na concentração de 500 µL mL-1. O
rendimento do óleo essencial de erva-de-santa-maria foi de 0,3%. Foram
identificados cinco compostos, sendo (Z)-ascaridol o componente majoritário (87%).
O óleo essencial de erva-de-santa-maria causou apenas 3,5% de mortalidade
corrigida sobre F. schultzei. Assim, este óleo essencial na concentração de 500 µL
mL-1 não é eficaz no controle de F. schultzei.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Rondelli, V. ., Costa, A. ., Queiroz, V. ., Pinheiro, P. ., & Pratissoli, D. . (2012). COMPOSIÇÃO QUÍMICA E AVALIAÇÃO DO POTENCIAL INSETICIDA DO ÓLEO ESSENCIAL DE Chenopodium ambrosioides NO CONTROLE DE Frankliniella schultzei. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3803

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)