ANÁLISE MORFOMÉTRICA E DEFINIÇÃO DO POTENCIAL DE USO DO SOLO DA MICROBACIA DO RIO VERÍSSIMO, VERÍSSIMO - MG

Autores

  • Hygor Siqueira
  • Lourena Tibery
  • Janaína Guidolini
  • Renato Valle Junior
  • Valdemir Antonio Rodrigues

Palavras-chave:

Morfometria, Gestão de Microbacias Hidrográficas, RN

Resumo

O estudo morfométrico em microbacias hidrográficas é parte primordial para o
gerenciamento de microbacias hidrográficas, pois, a partir dos índices morfométricos
pode-se determinar os riscos e potencialidades de cada microbacia e ainda avaliar
os impactos ambientais nelas gerados principalmente pelas atividades antrópicas.
Este estudo teve como objetivos realizar a caracterização da microbacia do rio
Veríssimo, localizado no município de Veríssimo - MG, analisar os índices
morfométricos e, propor a melhor forma de uso do solo para minimizar os impactos
da erosão aos recursos hídricos. Foram utilizadas cartas digitais em escala
1:100.000 e o software AutoCAD, para a quantificação dos dados vetoriais. A
microbacia possui uma área de 146,055 km2, perímetro de 55,902 km. De acordo
com os índices morfométricos é considerada de 5ª ordem, bastante ramificada, de
formato pouco alongado, pouco risco a ocorrerem enchentes, seu canal principal
corresponde a 28,541 km e possui relevo ondulado, com declividade média de
8,59%. Através dos resultados dos índices morfométricos e coeficiente de
Rugosidade, a microbacia apresenta potencialidades do uso do solo com pastagens
para a pecuária, e, práticas conservacionistas de solo e água para minimizar os
impactos da erosão e contaminação dos recursos hídricos.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Siqueira, H. ., Tibery, L. ., Guidolini, J. ., Valle Junior, R. ., & Rodrigues, V. A. . (2012). ANÁLISE MORFOMÉTRICA E DEFINIÇÃO DO POTENCIAL DE USO DO SOLO DA MICROBACIA DO RIO VERÍSSIMO, VERÍSSIMO - MG. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3785

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)