CONCEPÇÕES DOS PAIS ACERCA DO DIÁLOGO SOBRE SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA

Autores

  • Randys Gonçalves
  • José Henrique Faleiro
  • Mara Núbia Santos
  • Denys Costa
  • Isa Lúcia Resende

Palavras-chave:

Pais, filhos, diálogo, sexualidade

Resumo

Este trabalho trata-se de um estudo de natureza qualitativa desenvolvido com o
objetivo de avaliar o diálogo entre pais e filhos no que diz respeito à educação
sexual. Participaram da pesquisa 50 pais de adolescente matriculados no Colégio
Estadual Perilo Rodrigues de Moura da cidade de Inaciolândia – Goiás. Os dados
foram coletados através de um questionário estruturado com questões discursivas e
objetivas. Satisfatoriamente os resultados demonstraram que a maioria dos pais
aborda com seus filhos assuntos ligados a sexualidade. As mães são mais
sucessíveis ao diálogo com os filhos, levando a crer que entre mães e filhos há
vínculos de tais assuntos. Já os pais, não são atores centrais no processo de
educação sexual dos filhos. Alguns pais (pai/mãe) ainda privam seus filhos do
diálogo por vergonha, despreparo, crença de que os filhos estão suficientemente
informados, de que é cedo para saberem sobre o assunto e ainda enraizaram a idéia
de que o diálogo antecipa a prática do ato sexual. Alguns pais por acreditarem que a
abordagem do tema na escola antecipa o início da vida sexual são contra o fato da
escola oferecer a educação sexual aos filhos.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Gonçalves, R. ., Faleiro, J. H. ., Santos, M. N. ., Costa, D. ., & Resende, I. L. . (2012). CONCEPÇÕES DOS PAIS ACERCA DO DIÁLOGO SOBRE SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3769