PRODUTIVIDADE E VARIÁVEIS AGROINDUSTRIAIS DE CINCO VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR NO NORTE DO ESPÍRITO SANTO

Autores

  • Ribamar Rodrigues
  • Joabe Souza
  • Helder Ivo Marques
  • Robson Bonomo
  • Edilson Schmildt

Palavras-chave:

Saccharum spp., produção, brix, fibra

Resumo

A cultura da cana-de-açúcar é de grande importância para o Brasil, sendo que a
escolha da variedade é fundamental para o sucesso da lavoura e deve ser plantada
uma ou mais variedades industriais melhoradas de cana-de-açúcar adaptadas às
condições locais. Neste contexto, este trabalho teve por objetivo avaliar o brix, fibra,
Pol (%) e a produtividade, de cinco variedades de cana-de-açúcar cultivadas por
dois ciclos nas condições edafoclimáticas do norte do estado do Espírito Santo. Os
tratamentos foram constituídos por cinco variedades de cana-de-açúcar sendo duas
variedades RB (92-579, 93-5744), 01 variedade CTC 15 e 02 variedades SP (80-
3280, 86-42), em 3 repetições, perfazendo um total de 15 parcelas. As variedades
RB foram mais produtivas na safra 2009/2010 cana planta para as condições
estudadas nesse trabalho. As variedades não diferiram entre si quando o brix, fibra,
Pol (%) no primeiro ciclo. Já na safra 2010/2011 primeira soca, as variedades RB
apresentaram menores valores para estes índices.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Rodrigues, R. ., Souza, J. ., Marques, H. I., Bonomo, R. ., & Schmildt, E. . (2012). PRODUTIVIDADE E VARIÁVEIS AGROINDUSTRIAIS DE CINCO VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR NO NORTE DO ESPÍRITO SANTO. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3713

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>