INFLUÊNCIA DA UMIDADE DO SOLO E DA COMPLEXIDADE ESTRUTURAL DE MACAIREA RADULA (BONPL.) DC. SOBRE A PERDA FOLIAR POR HERBIVORIA

Autores

  • Letícia Gomes
  • Mariângela Abreu
  • Leandro Maracahipes
  • Simone Reis
  • Eddie Lenza

Palavras-chave:

correlação, déficit hídrico, herbivoria

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi analisar a influência da umidade do solo e da
complexidade estrutural dos indivíduos de Macairea radula (Bonpl.) DC.
(Melastomataceae) sobre a perda por herbivoria foliar em três ambientes alterados,
com diferentes níveis de umidade (alagado, úmido e seco). As variáveis preditoras
de complexidade estrutural dos indivíduos foram área foliar, altura total, diâmetro a
altura do solo, número de ramos, número de folhas e distância para os indivíduos
mais próximos. A taxa de herbivoria foliar não diferiu entre os ambientes, além disso,
a perda por herbivoria foliar não apresentou correlação com nenhuma das variáveis
preditoras. Dessa forma, as hipóteses de que a abundância de herbívoros é maior
em habitats com maior déficit hídrico e de que uma maior complexidade estrutural
leva a uma maior perda por herbivoria foliar não foram corroboradas. Sugerimos
assim que os níveis de herbivoria em M. radula são independentes da umidade do
solo e das propriedades estruturais aqui analisadas.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Gomes, L. ., Abreu, M. ., Maracahipes, L. ., Reis, S. ., & Lenza, E. . (2012). INFLUÊNCIA DA UMIDADE DO SOLO E DA COMPLEXIDADE ESTRUTURAL DE MACAIREA RADULA (BONPL.) DC. SOBRE A PERDA FOLIAR POR HERBIVORIA. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3684