INCIDÊNCIA DE CISTICERCOSE SUÍNA ATRAVÉS DA INSPEÇÃO DE ANIMAIS ABATIDOS NO ABATEDOURO MUNICIPAL DE IMPERATRIZ ENTRE 2000 A 2010, MARANHÃO, BRASIL

Autores

  • Diego Viana
  • Amilton Cesar Santos
  • Leandro Rui
  • Aline Prado
  • Adriana Raquel Anunciação

Palavras-chave:

saúde pública, parasita, zoonose

Resumo

A ingestão de carnes, bovinas e suínas, contaminadas por cisticercos de Taenia
saginata e de Taenia solium, respectivamente, é responsável pela teníase, das quais
o homem é o único hospedeiro definitivo. Cisticercose é a forma larval da Taenia
solium, é uma doença parasitária que afeta com frequência o sistema nervoso
central. O objetivo do trabalho foi verificar a incidência de cisticercose em suínos
abatidos de 2000 a 2010, no Abatedouro Municipal de Imperatriz, onde a
procedência dos animais é das regiões sudoeste e sul do Maranhão, sob
fiscalização realizada pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM). Foram coletados os
arquivos referentes aos laudos de condenações de carcaça durante esses anos, e
através da análise destes dados foram feitas as estatísticas do período. O resultado
deste trabalho apresenta uma diminuição satisfatória nos índices de condenação por
cisticercose no Matadouro Municipal de Imperatriz. Nos dois últimos anos não foi
registrado nenhum caso, apesar de que possa haver condições para a perpetuação
do ciclo de vida do complexo teníase / cisticercose.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Viana, D. ., Santos, A. C., Rui, L. ., Prado, A. ., & Anunciação, A. R. . (2012). INCIDÊNCIA DE CISTICERCOSE SUÍNA ATRAVÉS DA INSPEÇÃO DE ANIMAIS ABATIDOS NO ABATEDOURO MUNICIPAL DE IMPERATRIZ ENTRE 2000 A 2010, MARANHÃO, BRASIL. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3679

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)