FONTES DE EXPLANTES, REGULADORES E MEIOS DE CULTURAS PARA INDUÇÃO DE CALOGÊNESE DO PAU-BRASIL

Autores

  • Rafael Zanotti
  • Fernanda Raquel Sartor
  • Kátia Pôssa
  • Anderson Pilon
  • Claudio Fukushima

Palavras-chave:

Caesalpinia echinata, calos, cultura de tecidos, fitorreguladores

Resumo

Caesalpinia echinata Lam.(pau-brasil) é uma espécie da flora brasileira que se
encontra ameaçada de extinção. Distribui-se do Estado do Rio Grande do Norte ao
Estado do Rio de Janeiro, em algumas populações fragmentadas. A sua alta taxa de
exploração foi iniciada com colonização européia, por causa das características de
sua madeira. Por ser uma espécie ameaçada de extinção, uma estratégia para sua
preservação consiste na conservação de banco de germoplasma in situ e ex situ.
Diante disso, o objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos dos diferentes explantes
foliares, meios de cultura e reguladores de crescimento na indução a calogênese.
Para o controle da calogênese, explantes foliares de C. echinata com e sem
peciólulos foram cultivados em meios de cultura MS e WPM, com a presença de
diferentes concentrações de auxinas (AIA e 2,4-D) e citocinas (BAP e TDZ).
Aproximadamente 70% da formação de calos foram cicatriciais, tanto em meio de
cultura MS quanto WPM. Os tratamentos MS+AIA (15, 20 e 30µM), MS+BAP (2 e 10
µM) e WPM+BAP ( 2 e 10 µM) apresentaram mais de 50% dos calos com formação
nodular. Nesse experimento pode-se concluir que os calos monodulares de C.
echinata tem maior indução em meio de cultura MS, com as auxinas AIA e 2,4-D, e
utilizando principalmente explantes foliares com peciólulos.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Zanotti, R. ., Sartor, F. R. ., Pôssa, K. ., Pilon, A. ., & Fukushima, C. . (2012). FONTES DE EXPLANTES, REGULADORES E MEIOS DE CULTURAS PARA INDUÇÃO DE CALOGÊNESE DO PAU-BRASIL . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3670