EFEITO DO TEMPO E PRESSÃO DE TRATAMENTO NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DAS MADEIRAS DE EUCALIPTO

Autores

  • Victor Brocco
  • Pedro Loiola
  • Juarez Paes
  • José Tarcísio Oliveira

Palavras-chave:

Preservação, CCB, resistência à flexão, resistência à compressão

Resumo

O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do tempo e pressão de tratamento nas
propriedades mecânicas das madeiras de eucalipto (Eucalyptus cloeziana e
Corymbia torelliana). A madeira foi tratada pelo método de célula-cheia (Bethell),
submetido a duas condições de tratamento, uma com variação do tempo e outra
com variação da pressão. Para o tratamento com variação do tempo, foi utilizado um
vácuo inicial de 400 mmHg, pressão de 6,5 kg.cm-2 e vácuo final de 300 mmHg, em
três tempos de tratamento (60; 90 e 120 min). Para o tratamento com variação da
pressão as amostras foram tratadas no tempo de 120 min em três pressões de
tratamento (3; 5 e 6,5 kg.cm-2). As amostras foram retiradas do cerne/alburno de
Corymbia torelliana e Eucalyptus cloeziana, com dimensões de 20 x 20 x 300 mm
(radial x tangencial x longitudinal). Para o tratamento das amostras foi utilizado uma
solução de 2% de ingredientes ativos de CCB (borato de cobre cromatado). A
variação do tempo de impregnação e as pressões de tratamentos influenciaram a
resistência à compressão das madeiras de C. torelliana e E. cloeziana. A espécie
Eucalyptus cloeziana se apresentou mais resistente que a Corymbia torelliana em
todas as características mecânicas testadas, independentes da pressão e tempo de
tratamento.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Brocco, V. ., Loiola, P. ., Paes, J., & Oliveira, J. T. (2012). EFEITO DO TEMPO E PRESSÃO DE TRATAMENTO NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DAS MADEIRAS DE EUCALIPTO . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3653