CINÉTICAS DE SECAGEM DO ABACAXI CV. PÉROLA

Autores

  • Adriane Machado
  • Michelle Souza
  • Mateus Junqueira
  • Sérgio Saraiva
  • Luciano José Teixeira

Palavras-chave:

abacaxi, desidratação, cinética de secagem, modelo de Page

Resumo

Com a crescente demanda do consumidor por produtos de rápido preparo e fácil
consumo, as frutas desidratadas tem ganhado grande espaço na indústria de
alimentos. A desidratação consiste na retirada de umidade do produto, o que
aumenta sua vida de prateleira. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da
secagem na qualidade do abacaxi sob diferentes temperaturas. Foram utilizados
abacaxis da variedade Pérola (Ananas comosus L.). A desidratação de fatias de
abacaxi foi realizada em secador de bandeja, em sete temperaturas que variaram de
40 a 70ºC até peso constante. Foi avaliada a cinética de secagem e o ajuste dos
dados utilizando o modelo de Page. O efeito da desidratação foi avaliado, através de
análises físico-químicas de pH, umidade, acidez total titulável e açúcar redutor.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

Machado, A. ., Souza, M. ., Junqueira, M. ., Saraiva, S. ., & Teixeira, L. J. (2012). CINÉTICAS DE SECAGEM DO ABACAXI CV. PÉROLA. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 8(15). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3616

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>