PARÂMETROS QUE AFETAM O DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO DE PINTOS DE CORTE

Autores

  • Nayara Francisco
  • Rodrigo Garcia
  • Irenilza Nääs
  • Leonardo Seno
  • Gisele Felix

Palavras-chave:

embrião, incubação, mortalidade, ovos férteis

Resumo

Objetivou-se avaliar o efeito da idade da matriz pesada e do tempo de estocagem
dos ovos sobre as características de incubação e desenvolvimento embrionário de
pintos de corte. Foi utilizado um delineamento inteiramente casualizado em
esquema fatorial 3x3, com três idades de matrizes (33, 43 e 61 semanas) e três
períodos de estocagem dos ovos (24, 72 e 120 horas). Foram incubados 900 ovos
férteis de matrizes pesadas Cobb®
500. Aos 6, 13, 17 e 21 dias de incubação foram
retirados 10 ovos de cada tratamento e registrados o peso do ovo, o peso do
embrião, a mortalidade embrionária e a eclodibilidade. Houve efeito (p ≤ 0,05) da
idade da matriz e do tempo de estocagem dos ovos sobre a mortalidade embrionária
e a eclodibilidade, ocorrendo aumento na mortalidade e diminuição na eclodibilidade,
proporcionalmente ao aumento da idade da matriz e do tempo de estocagem.
Comprovou-se que a idade da matriz influencia as taxas de mortalidade dos ovos
férteis, sendo este fator mais afetado quando os ovos são submetidos a um período
mais longo de estocagem. Ovos provenientes de matrizes mais jovens e tempo de
estocagem reduzido proporcionaram maiores taxas de eclodibilidade. O período de
estocagem influenciou tanto a mortalidade dos embriões, quanto a eclodibilidade dos
ovos férteis.

Downloads

Publicado

2013-07-01

Como Citar

Francisco, N. ., Garcia, R. ., Nääs, I. ., Seno, L. ., & Felix, G. (2013). PARÂMETROS QUE AFETAM O DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO DE PINTOS DE CORTE . ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 9(16). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3475

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>