OBESIDADE FELINA

Autores

  • Fernanda Mendes
  • Danilo Rodrigues
  • Yandra Cássia Prado
  • Eugênio Araújo

Palavras-chave:

Gatos, nutrição animal, síndrome x metabólica, diabetes mellitus

Resumo

A obesidade caracteriza-se pelo excesso de gordura corporal capaz de afetar
negativamente a saúde do animal. Essa enfermidade, considerada uma epidemia, é
a maior preocupação nutricional atualmente na clínica de felinos, e está associada a
diminuição da expectativa de vida, alterações ortopédicas e doenças metabólicas,
como o diabetes mellitus. A prevalência é alta e a falta de conhecimento do
proprietário quanto alimentação e condição corporal do animal são fatores
determinantes para o aparecimento da doença. A prevenção da obesidade felina é
pouco difundida por médicos veterinários, e apesar do diagnóstico clínico ser
simples, baseado na observação do aumento de peso e tamanho do animal, a
avaliação metabólica é determinante para o conhecimento do real estado de saúde
do paciente. Pesquisas específicas sobre obesidade felina são escassas, e muito do
que se encontra na literatura é extrapolação de outras espécies mais pesquisadas,
porém os felinos apresentam peculiaridades nutricionais e fisiológicas que não
permitem extrapolações diretas, e por isso pouco se sabe sobre os mecanismos
fisiopatológicos envolvidos nessa doença. Pesquisas específicas para a espécie são
necessárias. O tratamento da obesidade em felinos não é simples, pois envolve um
conjunto de aspectos comportamentais e fisiológicos específicos da espécie que
exige conhecimento e comprometimento do clínico veterinário e do proprietário, por
essas razões esse torna-se difícil, longo e com altas taxas de desistência.

Downloads

Publicado

2013-07-01

Como Citar

Mendes, F. ., Rodrigues, D. ., Prado, Y. C. ., & Araújo, E. . (2013). OBESIDADE FELINA. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 9(16). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3470

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>