RIO PARAGUAI: TRANSPORTE DE SEDIMENTOS ENTRE A FOZ DO RIO SEPOTUBA E A FOZ DO RIO CABAÇAL

Autores

  • Laura Aparecida Justiniano
  • Célia Souza
  • Maria Aparecida Pierangeli
  • Evaldo Ferreira
  • José Carlos Soares

Palavras-chave:

Rio Paraguai, dinâmica fluvial, granulometria

Resumo

O trabalho avaliou a granulometria dos sedimentos transportados pelo rio Paraguai
entre a foz dos rios Sepotuba e Cabaçal. Para verificação do transporte de
sedimentos de fundo e suspensão foram selecionados seis pontos. A análise
granulométrica dos sedimentos utilizou o método de pipetagem e peneiramento. Os
dados referentes aos sedimentos em suspensão demonstraram que o ponto três
teve a maior ocorrência de sedimentos finos transportados (128 mg/L) devido a alta
pluviosidade e a composição da margem.

Downloads

Publicado

2013-12-01

Como Citar

Justiniano, L. A., Souza, C. ., Pierangeli, M. A. ., Ferreira, E. ., & Soares, J. C. (2013). RIO PARAGUAI: TRANSPORTE DE SEDIMENTOS ENTRE A FOZ DO RIO SEPOTUBA E A FOZ DO RIO CABAÇAL . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 9(17). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3315

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>