CARACTERIZAÇÃO AMBIENTAL DA NASCENTE DE CARIRIMIRIM, MOREILÂNDIA-PE

Autores

  • Vicente Carlos Sousa
  • Luiz Barros
  • Antonia Eliene Duarte
  • Maria Ivaneide Rocha
  • Maria Vilclécia Silva

Palavras-chave:

nascente, água, impactos ambientais, antropismo, Moreilândia

Resumo

Nascente é o afloramento natural do lençol freático que apresenta perenidade e dá
início a um curso d’água. É inquestionável a necessidade de utilização da água na
agricultura e na pecuária em nosso país. As poucas fontes de Moreilândia, no pediplano
da Chapada do Araripe, encontram-se num estágio de vazão reduzida. Diante da
necessidade de água doce em quantidade e qualidade suficiente para esta e para
gerações futuras, existe a necessidade de preservação dos mananciais. Objetivou-se
com este, diagnosticar os principais impactos antrópicos sobre a bica de Caririmirim,
Moreilândia-PE. O trabalho foi realizado entre dezembro de 2011 e maio de 2013, por
meio da aplicação de um check-list. Constatou-se que a ação antrópica está presente
na área de estudo, afetando a quantidade e a qualidade da água da nascente,
alterando e até cessando o curso do riacho. As ações antrópicas que têm causado
maiores impactos negativos sobre a nascente têm sido a agricultura de subsistência, a
lavagem de roupas e a deposição de lixo. Os dados obtidos com a pesquisa podem ser
utilizados para a elaboração de novos trabalhos sobre a área, inclusive para planos de
gestão dos recursos hídricos do município, bem como para o desenvolvimento de
projetos da revitalização dos mananciais existentes.

Downloads

Publicado

2013-12-01

Como Citar

Sousa, V. C. ., Barros, L. ., Duarte, A. E. ., Rocha, M. I. ., & Silva, M. V. . (2013). CARACTERIZAÇÃO AMBIENTAL DA NASCENTE DE CARIRIMIRIM, MOREILÂNDIA-PE. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 9(17). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3241