ÍNDICE DE VEGETAÇÃO NA ESTIMATIVA DO VOLUME EM UM POVOAMENTO DE EUCALIPTO

Autores

  • Fabrício Leal
  • Eraldo Matricardi
  • Kamilla Oliveira
  • Glória Almeida

Palavras-chave:

Equação de volume, inventário florestal, parâmetros biofísicos

Resumo

Os procedimentos tradicionais de obtenção de volume devem ser, quando possível,
aliados ou implementados com novas técnicas e ferramentas como, por exemplo, o
geoprocessamento e sensoriamento remoto. O objetivo deste estudo foi avaliar
índices de vegetação como fator de correção do volume e como variável
independente em modelos estatísticos para estimativa do volume em um
povoamento de eucalipto. Foi conduzida uma análise de correlação entre o volume
mensurado para cada parcela e os valores correspondentes dos índices de
vegetação, posteriormente fez-se a escolha do índice que compôs a variável
independente no modelo de estimativa indireta do volume. Os modelos ajustados
apresentaram razoáveis medidas de precisão, com erro padrão da média em torno
de 13% e coeficiente de determinação, na maioria dos casos, inferior a 50%. O
índice de vegetação médio como correção do volume não estimou com precisão o
volume por parcela, diferindo do inventário florestal tradicional pelo Teste T.

Downloads

Publicado

2013-12-01

Como Citar

Leal, F. ., Matricardi, E. ., Oliveira, K. ., & Almeida, G. . (2013). ÍNDICE DE VEGETAÇÃO NA ESTIMATIVA DO VOLUME EM UM POVOAMENTO DE EUCALIPTO. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 9(17). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3149

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>