COMPOSTOS FENÓLICOS EM EXTRATOS DE Rosmarinus officinalis L. SOB CULTIVO FORA DO SOLO

Autores

  • Viviane Frescura
  • Aline Boligon
  • Margareth Athayde
  • Jerônimo Luiz Andriolo
  • Solange Tedesco

Palavras-chave:

Alecrim, Ácidos fenólicos, Flavonoides, Lamiaceae

Resumo

Rosmarinus officinalis L. conhecida popularmente como alecrim, é uma espécie com
interesse agronômico, alimentício e fitoterápico. No entanto, o conhecimento da
composição química dos extratos da espécie em cultivo fora do solo é limitado.
Então, o presente trabalho objetivou avaliar a concentração de compostos fenólicos
de extratos de R. officinalis cultivado fora do solo. O experimento foi realizado no
Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria e os
experimentos de preparo do extrato e análise cromatográfica foram realizados no
Laboratório de Citogenética Vegetal e Genotoxicidade e no Laboratório de
Fitoquímica da mesma universidade, respectivamente. A análise cromatográfica foi
realizada por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência com Detecção por Arranjos de
Diodo (CLAE-DAD). O perfil cromatográfico revelou a presença de quercetina, rutina
e canferol (flavonoides) e ácido clorogênico, ácido cafeico, ácido rosmarínico e ácido
carnósico (ácidos fenólicos). O composto mais abundante em extratos de R.
officinalis em cultivo fora do solo é o ácido rosmarínico (6,42%).

Downloads

Publicado

2013-12-01

Como Citar

Frescura, V. ., Boligon, A. ., Athayde, M. ., Andriolo, J. L. ., & Tedesco, S. . (2013). COMPOSTOS FENÓLICOS EM EXTRATOS DE Rosmarinus officinalis L. SOB CULTIVO FORA DO SOLO. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 9(17). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/3060

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)