TRATAMENTO DE EFLUENTES DE LAVAGEM DE VEÍCULOS POR ELETROCOAGULAÇÃO E ELETROFLOTAÇÃO

Autores

  • Aline Peralta
  • Lívia Buono
  • Ricardo Costanzi
  • Alexei Pinheiro

Palavras-chave:

Eletroquímica, Reuso de água, Recursos hídricos

Resumo

A utilização dos recursos hídricos sem planejamento, associado ao aumento da
demanda de água em sistemas urbanos, tem provocado problemas graves de
escassez de água. Desta forma, existe uma necessidade urgente de minimizar o
consumo de água em operações e processos urbanos. Um dos grandes
consumidores urbano de água é o processo de lavagem de veículos, que também
gera grandes volumes de efluentes potencialmente poluidores, os quais são
incorporados diretamente à rede de esgoto e/ou pluvial. O presente estudo teve
como objetivo avaliar o tratamento de efluentes de lavagem de veículos pelo método
de eletrofloculação, que possui como vantagem a elevada eficiência na remoção de
poluentes sem a necessidade de inserção de substâncias químicas, diminuindo a
possibilidade de poluição secundária (Ex. sulfatos e polímeros). Foi avaliada a
eficiência de remoção das variáveis: Demanda Química de Oxigênio (DQO) e
turbidez, com valores médios de remoção de 51,6% e de 98,18%, respectivamente.
Foram utilizadas correntes elétricas de 90 a 240 mA nos ensaios realizados.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Peralta, A. ., Buono, L., Costanzi, R. ., & Pinheiro, A. . (2014). TRATAMENTO DE EFLUENTES DE LAVAGEM DE VEÍCULOS POR ELETROCOAGULAÇÃO E ELETROFLOTAÇÃO. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2959