ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PARA O ENSINO DE HIDROSTÁTICA EM DUAS ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE CAPITÃO POÇO, PARÁ

Autores

  • José Darlon Alves
  • Michel Bruno Alves
  • Neiziane Oliveira
  • Frederico Bicalho

Palavras-chave:

experimentos, ensino-aprendizagem, educação

Resumo

O ensino de física nas escolas públicas vem passando por várias dificuldades,
principalmente no que diz respeito à falta de contextualização dos conteúdos e da
experimentação, provocando a falta de interesse por essa área e um ensino cada
vez fora da realidade dos alunos. Diante disso, a pesquisa teve como objetivo
identificar os principais problemas do ensino de física, especificamente, os conceitos
de fluidos e propor o uso da experimentação como alternativa de ensino nas escolas
públicas de Capitão Poço- PA. Ocorreu à aplicação de um questionário para realizar
a sondagem sobre as dificuldades da Física, uso de experimentação e sobre o
conteúdo de fluídos, principalmente no que diz respeito as suas aplicações no
cotidiano. Foram realizados os seguintes experimentos simples e de baixo custo.
Nas escolas públicas Terezinha Bezerra Siqueira e Osvaldo Cruz, não são
realizados com frequência experimentos para o ensino de Física, e nenhuma vez
para o ensino de hidrostática, devendo ser repensado a organização pedagógica
dessa disciplina. Observou-se que o uso da experimentação contribuiu
significativamente no processo de ensino-aprendizagem dos conceitos físicos, sendo
necessário o incentivo dessa metodologia em sala de aula.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Alves, J. D., Alves, M. B. ., Oliveira, N. ., & Bicalho, F. . (2014). ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PARA O ENSINO DE HIDROSTÁTICA EM DUAS ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE CAPITÃO POÇO, PARÁ. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2939

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)