POTENCIAL DE REUSO DA ÁGUA RESIDUÁRIA DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO: EVOLUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DA POPULAÇÃO BACTERIANA

Autores

  • Suzana Cláudia Martins
  • Claudia Martins

Palavras-chave:

Águas residuárias, bactérias mesófilas, coliformes, reutilização

Resumo

A reutilização de águas residuárias é uma estratégia para a conservação dos
recursos hídricos. A presença de bactérias do grupo coliforme termotolerantes indica
contaminação fecal e provável presença de microrganismos intestinais patogênicos,
que devem ser eliminados. Assim, esse trabalho teve por objetivo avaliar o potencial
de reuso da água residuária da Estação de Tratamento de Esgoto do Campus do
Pici da Universidade Federal do Ceará quanto à evolução e caracterização de
indicadores microbiológicos. Durante doze meses, amostras de diferentes pontos da
estação de tratamento foram coletadas trimestralmente, e as populações de
coliformes totais e termotolerantes e de bactérias facultativas mesófilas foram
determinadas. Colônias diferentes foram selecionadas e caracterizadas quanto ao
Gram e morfologia. Os resultados revelaram 24,8 x 10
5
NMP/100 mL de coliformes
totais e 3,6 x 105
NMP/100 mL de coliformes termotolerantes no esgoto bruto. Após
a cloração foram registrados valores <3 NMP/100 mL. A concentração de bactérias
anaeróbias facultativas mesófilas do esgoto bruto foi de 2,0 x 106
UFC/mL. Após as
passagens pelos tanques de aeração e sedimentação houve uma redução de
aproximadamente dois ciclos logarítmicos. De cada etapa do tratamento foram
selecionadas em média 10 colônias diferentes, perfazendo um total de 54 isolados,
59% Gram-negativas e 41% Gram-positivas. Após a cloração a contagem de
bactérias foi 12 UFC/mL. Doze colônias culuralmente diferentes foram
caracterizadas como bacilos Gram-positivos esporulados. Os resultados para
coliformes termotolerantes indicaram que o sistema de tratamento funciona. No
entanto, bactérias capazes de esporular podem persistir no ambiente limitando uso
desta água sem tratamento adicional.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Martins, S. C. ., & Martins, C. . (2014). POTENCIAL DE REUSO DA ÁGUA RESIDUÁRIA DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO: EVOLUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DA POPULAÇÃO BACTERIANA . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2930

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>