RIO PARAGUAI: USO DA PLANÍCIE DE INUNDAÇÃO E DO CANAL, NO TRECHO ENTRE FURADO DO TOURO E PASSAGEM VELHA NO MUNICÍPIO DE CÁCERES - PANTANAL MATO-GROSSENSE

Autores

  • Edênio Sebastião Silva
  • Célia Souza
  • Carla Galbiati
  • Leila Andrade

Palavras-chave:

elementos ambientais, mapeamento temático, uso e ocupação

Resumo

O objetivo deste estudo foi apresentar os elementos ambientais que compõem e
evidenciam o uso e ocupação da planície e do canal no corredor fluvial do rio
Paraguai no segmento entre o Furado do Touro e a Passagem Velha, Cáceres-MT.
Os procedimentos metodológicos utilizados: consultaram-se a literatura disponível e
mapas temáticos do projeto RADAMBRASIL (1982) e SEPLAN (2000); trabalhos de
campo com observações e consolidação das informações. O trecho possui sedimentos
característicos da formação Pantanal, onde foram identificados variedades de
formas geomorfológicas, as quais podem ser denominadas positivas e negativas.
Pedologicamente registra-se a ocorrência do Gleissolo Háplico Tb Eutrófico.
Registrou-se a ocorrência de Floresta Aluvial. Quanto ao uso, observa-se na
margem direita atividade pecuária.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Silva, E. S. ., Souza, C. ., Galbiati, C. ., & Andrade, L. . (2014). RIO PARAGUAI: USO DA PLANÍCIE DE INUNDAÇÃO E DO CANAL, NO TRECHO ENTRE FURADO DO TOURO E PASSAGEM VELHA NO MUNICÍPIO DE CÁCERES - PANTANAL MATO-GROSSENSE . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2882

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)