QUALIDADE FÍSICA DE UM NEOSSOLO QUARTZARÊNICO ESTIMADA VIA ÍNDICE S E ÁREA SOB A CURVA

Autores

  • Fabricio Ramos
  • João Carlos Maia
  • Márcio William Roque
  • Emílio Carlos Azevedo

Palavras-chave:

estabilidade de agregados do solo, indicador de qualidade física do solo, qualidade física do solo

Resumo

Para avaliar a qualidade estrutural dos solos tem sido proposto o “índice S”, baseado
no ponto de inflexão da curva de retenção da água no solo. No entanto, parte-se da
hipótese de que esse índice pode designar valores errôneos de qualidade física para
solos arenosos desestruturados. Diante disso, objetivou-se determinar em um
Neossolo Quartzarênico cultivado com cajueiros a sensibilidade do “índice S” e da
“área sob a curva de retenção da água no solo” na diferenciação da qualidade física,
além da correlação destes com diferentes atributos físicos do solo. Verificou-se que
o índice S ao contrário do método da área sob a curva (ASC) não foi sensível em
diferenciar as camadas avaliadas e correlacionou-se apenas com as partículas
primárias do solo. Já com a ASC obteve-se coeficiente de variação igual a 3,8% e
correlacionou-se com todos os atributos físicos avaliados (p < 0,05), exceto com o
índice S. O índice S designou valores errôneos de qualidade estrutural (0,0623 < S <
0,0910), pois ao analisar a textura das classes de tamanho dos agregados do solo
detectaram-se mais de 60% de partículas inertes maiores que 2,00 mm (cascalho) e
também preponderância de areia para “falsos agregados” menores que 2,00 mm.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Ramos, F. ., Maia, J. C. ., Roque, M. W. ., & Azevedo, E. C. . (2014). QUALIDADE FÍSICA DE UM NEOSSOLO QUARTZARÊNICO ESTIMADA VIA ÍNDICE S E ÁREA SOB A CURVA. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2865