PRODUTIVIDADE DO FEIJÃO Phaseolus vulgaris L. COM APLICAÇÕES CRESCENTES DE MOLIBDÊNIO ASSOCIADAS AO COBALTO VIA FOLIAR

Autores

  • Heberth Rafael Torres
  • Alberto Santos Neto
  • Paulo Roberto Ribeiro
  • Jadson Ribeiro

Palavras-chave:

Cobalto, molibdênio, Phaseolus vulgaris L.

Resumo

O Phaseolus vulgaris L., conhecido popularmente como feijão, constitui uma das 55
espécies do gênero Phaseolus. É uma planta muito exigente do ponto de vista
nutricional. Objetivou-se com esse trabalho a avaliação do efeito da aplicação foliar
de doses crescentes de Molibdênio (Mo) na produtividade do feijoeiro inoculado,
identificando a melhor dose; avaliando os efeitos na produtividade, associando o
Cobalto (Co) às doses do Molibdênio e avaliar a nodulação das plantas. O presente
trabalho foi realizado no campo experimental da Universidade do Estado da Bahia -
UNEB, Campus IX, na cidade de Barreiras – BA. O experimento foi conduzido em
delineamento de blocos casualisados com 8 tratamentos compostos, apresentados
em esquema fatorial 2x4x4, sendo representada por duas doses de Cobalto (0 e 3
g.ha-1), quatro dose de Molibdênio (0, 40, 80, e 120 g.ha-1) e quatro repetições. Os
resultados da análise de variância não mostraram significativos para os fatores
Molibdênio (Mo) e Cobalto (Co), bem como a interação entre os dois fatores não se
manifestaram significativos para as variáveis: Massa de 100 grãos (M100G), Número
de grãos por vagem (NGV), Número de nódulos por plantas (N° NOD). Contudo,
houve interação significativa para as variáveis Número de vargem por planta (NVP) e
Produtividade média (PM). Não foi significativa a interação entre os micronutrientes,
Molibdênio e Cobalto, porem no componente Número de Nódulos por Planta, foi
observado superioridade. A aplicação de Molibdênio via foliar não influenciou
significativamente os componentes de produção do feijoeiro avaliado neste trabalho.
A aplicação de Molibdênio via foliar resultou em acréscimo no número de vagens por
planta, chegando ao valor máximo com a dose de 120 g.ha-1. Foi observada uma
tendência no aumento da Produtividade Média quando aumentava a dose de
Molibdênio aplicada.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Torres, H. R. ., Santos Neto, A. ., Ribeiro, P. R. ., & Ribeiro, J. . (2014). PRODUTIVIDADE DO FEIJÃO Phaseolus vulgaris L. COM APLICAÇÕES CRESCENTES DE MOLIBDÊNIO ASSOCIADAS AO COBALTO VIA FOLIAR . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2857

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)