MORFOMETRIA DO INTESTINO DELGADO DE FRANGOS DE CORTE RECEBENDO DIETAS SUPLEMENTADAS OU NÃO COM PROBIÓTICO E/OU PREBIÓTICO

Autores

  • Taniara Suelen Mezalira
  • Luciana Otutumi
  • Ranulfo Piau Júnior
  • Patrícia Amaral
  • Sarah Suenaga

Palavras-chave:

Aditivos alternativos, altura de vilo, melhoradores de desempenho, profundidade de cripta

Resumo

A avicultura tem se destacado pela alta produtividade, alta qualidade e segurança
alimentar, obtidas pelo melhoramento genético e avanços na nutrição, sanidade e
manejo. Dentre os aspectos importantes na produção avícola, a integridade
intestinal desempenha papel preponderante, pois o intestino é responsável pela
absorção e o aproveitamento dos nutrientes fornecidos nas dietas e durante anos os
antimicrobianos foram utilizados para manutenção dessa integridade intestinal, no
entanto, a partir da proibição pela União Europeia houve a necessidade de busca de
pesquisas avaliando a eficácia de aditivos alternativos aos antimicrobianos como
melhoradores de desempenho. Dentre esses, os probióticos e os prebióticos estão
entre os principais, pelo fato de demonstrarem uma modulação benéfica da
microbiota intestinal e efeito trófico sobre a mucosa. Diante do exposto, 240 pintos
da linhagem Cobb, foram distribuídos casualmente em quatro tratamentos e quatro
repetições de 15 aves, sendo: T1 - grupo controle sem adição de prebiótico
(betaglucano) e probiótico (Lactobacillus spp.); T2 - grupo tratado com prebiótico; T3 -
grupo tratado com probiótico; T4 - grupo tratado com prebiótico e probiótico, com
objetivo de avaliar a morfometria (altura de vilo e profundidade de cripta) do intestino
delgado (duodeno e jejuno), além do peso e comprimento do intestino delgado de
pintos de corte aos sete dias de idade. Não houve diferença entre os tratamentos,
em relação aos parâmetros avaliados. Nas condições em que os animais foram
criados, a suplementação de probiótico e/ou prebiótico na dieta não modifica a
morfometria do intestino delgado de pintos de corte aos sete dias de idade.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Mezalira, T. S. ., Otutumi, L. ., Piau Júnior, R. ., Amaral, P. ., & Suenaga, S. . (2014). MORFOMETRIA DO INTESTINO DELGADO DE FRANGOS DE CORTE RECEBENDO DIETAS SUPLEMENTADAS OU NÃO COM PROBIÓTICO E/OU PREBIÓTICO . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2833

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>