MACROFAUNA EDÁFICA EM TRÊS DIFERENTES USOS DO SOLO

Autores

  • Ane Cristine Silva
  • Camila Nóbrega
  • Luan Henrique Araújo
  • Marília Gabriela Pinto
  • José Augusto Santana

Palavras-chave:

biota do solo, diversidade, solos florestais

Resumo

A biota do solo é utilizada como bioindicador da qualidade ambiental, devido a
sensibilidade as alterações do ambiente. Com o objetivo de avaliar o efeito de
diferentes usos do solo sobre a macrofauna edáfica, conduziu-se o presente estudo.
Foram selecionadas três áreas adjacentes: pastagem, plantio clonal de eucalipto e
fragmento de floresta ombrófila densa. Os organismos foram coletados com
armadilhas do tipo Provid. Para cada uso do solo, avaliou-se a abundância para os
grupos taxonômicos, riqueza e diversidade avaliada através dos Índices de
Diversidade de Shannon e Uniformidade de Pielou. O grupo Hymenoptera
apresentou maior expressividade em todas as áreas. O número médio de indivíduos
da macrofauna edáfica diferiu significativamente entre as áreas avaliadas. O número
de indivíduos e a diversidade da fauna edáfica foram influenciados pelas diferentes
coberturas florestais. O fragmento de floresta ombrófila densa apresenta maior
diversidade, equitabilidade e riqueza, em relação às demais coberturas florestais.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Silva, A. C. ., Nóbrega, C. ., Araújo, L. H., Pinto, M. G. ., & Santana, J. A. . (2014). MACROFAUNA EDÁFICA EM TRÊS DIFERENTES USOS DO SOLO . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2824

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)