Leptocybe invasa (HYMENOPTERA: EULOPHIDAE): NOVA PRAGA DO EUCALIPTO NO BRASIL

Autores

  • Luis Henrique Silva
  • Daniele Ukan
  • Bruna Luiza Managó
  • Leticia Miranda

Palavras-chave:

Eucalyptus spp., pragas florestais, Vespa-da-galha

Resumo

Com a introdução da monocultura no Brasil ocorreu o registro de muitas pragas e
doenças associadas às espécies plantadas. Para o cultivo de eucalipto a perda
ocasionada por insetos-praga são de representativa importância. A vespa-da-galha é
uma praga nova, que foi descoberta no ano de 2000 em Israel. Por ser uma praga
recente ainda não existe um sistema de controle definido, tornando este inseto um
importante alvo de trabalhos de pesquisa e estratégias de controle visando atingir
um manejo integrado de pragas para esta espécie. As vespas, que emergem das
galhas onde anteriormente outros insetos dessa mesma espécie depositaram ovos,
pertencem a família Eulophidae. O ataque dessa praga ocorre principalmente em
plantios jovens, ou em plantas em estágio de viveiro. Esta característica chama a
atenção não apenas pela severidade do dano causado as plantas, mas
principalmente pelo potencial de dano econômico que esta praga pode causar em
extensas áreas com plantio de florestas de eucalipto. Seu principal sintoma é a
formação de galhas, que de certa forma facilita a identificação do ataque. Com
relação a controle, em alguns países asiáticos houve a introdução de inimigos
naturais. Através da determinação da ocorrência da vespa-da-galha na região de
estudo e confirmação desta informação, é recomendável avaliar sua população,
assim como os danos causados. Esta informação é de suma importância, pois,
saber com antecedência a incidência de uma praga em um determinado local é
fundamental para poder planejar o controle desta praga e evitar futuros surtos, que
podem causar prejuízos econômicos e ambientais.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Silva, L. H. ., Ukan, D. ., Managó, B. L. ., & Miranda, L. . (2014). Leptocybe invasa (HYMENOPTERA: EULOPHIDAE): NOVA PRAGA DO EUCALIPTO NO BRASIL . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2820