ESTUDO SOBRE A QUALIDADE DAS COMPOSTAGENS DE AVES MORTAS NA REGIÃO NOROESTE DO PARANÁ

Autores

  • Márcia Aparecida Andreazzi
  • Gabriela Christófoli
  • José Maurício Santos
  • Rosa Maria Ribeiro
  • Isabelle Emanuelli

Palavras-chave:

carcaça de aves, impacto ambiental, resíduos da avicultura

Resumo

A produção de frangos de corte é a forma mais eficiente e barata de produzir
proteína animal, contudo, esta produção gera um grande volume de resíduos. Um
resíduo de destaque é o das carcaças de aves mortas, as quais podem ser
descartadas por meio de compostagem, uma tecnologia de baixo custo e com
comprovada eficiência, contudo, vários problemas são observados em sua
aplicação, comprometendo seu sucesso. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a
qualidade das composteiras de aves mortas em granjas de frangos de corte
existentes na região noroeste do Paraná e analisar a composição química do
material compostado. Foram coletados dados em 30 granjas que criam em média,
28 mil aves cada uma. Das 30 granjas avaliadas, 20% apresentaram problemas de
compostagem incompleta, temperatura inadequada, presença de chorume e de
infiltração, 30% tinham problemas com cheiro forte, carcaças mumificadas e
presença de animais oportunistas e 50% apresentavam problemas com as moscas.
As análises compreenderam os testes químicos de maturação: relação C/N, pH em
CaCl2 e os constituintes químicos CaO, MgO, K2O, P2O5, N total e matéria orgânica.
Os resultados da composição química se apresentaram dentro das exigências legais
brasileiras. O conhecimento correto sobre como elaborar uma compostagem é de
extrema importância para o sucesso desta técnica, garantindo uma segurança
biológica e ambiental.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Andreazzi, M. A. ., Christófoli, G. ., Santos, J. M. ., Ribeiro, R. M. ., & Emanuelli, I. . (2014). ESTUDO SOBRE A QUALIDADE DAS COMPOSTAGENS DE AVES MORTAS NA REGIÃO NOROESTE DO PARANÁ. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2784

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)