ESTIMATIVA E REGIONALIZAÇÃO DAS VAZÕES MÍNIMAS ANUAIS E QUADRIMESTRAIS NA BACIA DO PIRACICABA-MG

Autores

  • Luana Lisboa
  • Lucas Corrêdo
  • Demetrius David Silva
  • Eduardo Uliana
  • Michel Moreira

Palavras-chave:

Gestão de recursos hídricos, sazonalidade, vazões mínimas de referência

Resumo

O estudo tem como objetivo estimar e regionalizar, pelo método Tradicional, as
vazões mínimas de sete dias de duração e período de retorno de 10 anos (Q7,10)
anual e quadrimestrais da bacia do rio Piracicaba-MG. Para isso analisaram-se os
dados de quatro estações fluviométricas pertencentes à rede hidrometeorólogica da
Agência Nacional de Águas, que permitiu estimar os valores de Q7,10 nas seções
transversais dos postos fluviométricos para os períodos anual e quadrimestrais. As
equações de regionalização foram obtidas através do método Tradicional, que
consiste da identificação das regiões hidrologicamente homogêneas e ajuste de
regressões regionais entre as vazões mínimas e características físicas e climáticas
da bacia de estudo. Foi definida uma região hidrologicamente homogênea, e obtidas
às equações de regressão regionais para representação das vazões mínimas da
bacia em função da área de drenagem, com coeficiente de determinação superior a
0,97 e erro padrão inferior a 0,20. As equações de regionalização determinadas
permitem obter os valores de vazão anuais e quadrimestrais em qualquer seção ao
longo da rede hidrográfica, estando de posse apenas da área de drenagem do local
de interesse. Informação esta fundamental para um melhor aproveitamento e gestão
de recursos hídricos da bacia, permitindo a flexibilização da disponibilidade hídrica
ao longo do ano.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Lisboa, L. ., Corrêdo, L. ., Silva, D. D. ., Uliana, E. ., & Moreira, M. . (2014). ESTIMATIVA E REGIONALIZAÇÃO DAS VAZÕES MÍNIMAS ANUAIS E QUADRIMESTRAIS NA BACIA DO PIRACICABA-MG . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2780