DESEMPENHO FISIOLÓGICO DE SEMENTES DE ALFACE TRATADAS COM TIAMETOXAM

Autores

  • Cristiane Deuner
  • Andréia Almeida
  • Carolina Borges
  • Géri Eduardo Meneghello
  • Francisco Villela

Palavras-chave:

Bioativador, Lactuca sativa L., vigor

Resumo

Sementes de hortaliças possuem alto valor de comercialização, fato que evidencia a
necessidade de utilização de sementes com alta qualidade fisiológica. Muitas vezes
no campo, as plantas são expostas a condições adversas que podem prejudicar a
expressão do potencial de produtividade. O tiametoxam é um bioativador que pode
conferir maior tolerância a estresses, permitindo melhores chances para as plantas
expressarem esse potencial. O presente trabalho teve o objetivo avaliar a influência
do tiametoxam no desempenho fisiológico de duas cultivares de alface
representadas por dois lote cada. As sementes foram tratadas com cinco doses de
tiametoxam, sendo zero; 0,2; 0,4; 0,6 e 0,8 mL de tiametoxam por 1000 sementes-1.
Os efeitos dos tratamentos foram avaliados pelos testes de germinação, primeira
contagem de germinação, teste de frio, envelhecimento acelerado e emergência em
casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente
casualizado, com quatro repetições por cultivar e lote. O bioativador tiametoxam
estimula o desempenho fisiológico de sementes de alface, sendo que as doses de
0,4 a 0,6 mL 1000 sementes-1 correspondem a máxima eficiência técnica.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Deuner, C. ., Almeida, A. ., Borges, C. ., Meneghello, G. E. ., & Villela, F. . (2014). DESEMPENHO FISIOLÓGICO DE SEMENTES DE ALFACE TRATADAS COM TIAMETOXAM . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2742

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>