CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA DE SOLOS AMAZÔNICOS COM DIFERENTES COBERTURAS NATURAIS

Autores

  • Deborah Luciany Costa
  • Luma Souza
  • Nilvan Melo
  • Amanda Takaki
  • Cândido Oliveira Neto

Palavras-chave:

Fertilidade, Química do solo, uso do solo

Resumo

A forma de manejo que se utiliza nos solos amazônicos determina a sua utilização
no futuro. Assim a caracterização química é fundamental, pois representa um
parâmetro indicativo de fertilidade do solo. O objetivo deste trabalho foi realizar a
caracterização química de solos amazônicos sob diferentes sistemas de manejo no
Estado do Pará. Foram coletadas 30 amostras aleatórias para cada área de estudo
(solos de várzea, capoeira e capoeira em transição para várzea) com ampla faixa de
variação de características químicas, tais como pH (em água), alumínio trocável,
cálcio, magnésio e teor de umidade. Em relação ao pH, todos os solos apresentaram
acidez acentuada. Já para umidade, o solo de Várzea foi que apresentou valor mais
elevado. Para Ca+2 e Mg+2, os solos de Várzea também foram que apresentaram
valores mais elevados. Entre os solos estudados, o solo de várzea apresentou maior
acidez e teor de alumínio trocável, magnésio e umidade em relação aos outras
coberturas. Já na quantidade de cálcio, o solo da área de capoeira em trasição para
várzea apresentou maior valor, seguido pela área de várzea e pela Capoeira.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Costa, D. L. ., Souza, L., Melo, N. ., Takaki, A. ., & Oliveira Neto, C. . (2014). CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA DE SOLOS AMAZÔNICOS COM DIFERENTES COBERTURAS NATURAIS . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2712

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>