AVALIAÇÃO FISIOLÓGICA DO MILHO (Zea mays) SOB DIFERENTES LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE ITUMBIARA – GO

Autores

  • Diego Oliveira
  • Mara Rúbia Melo
  • Jorge Cardoso
  • Ricardo Alexandre Lambert

Palavras-chave:

irrigação, lâmina de água, mini tanque evaporímetro

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito das diferentes lâminas de
irrigação na cultura do milho, no município de Itumbiara-GO. Utilizou-se para o
experimento a variedade Agroceres®
AG1051, sendo o mesmo conduzido na casa
de vegetação do Campus Experimental do Curso de Agronomia do Instituto Luterano
de Ensino Superior de Itumbiara. O delineamento de blocos inteiramente
casualizados, envolveu 5 tratamentos e 5 repetições, sendo os tratamentos 1, 2, 3, 4
e 5 correspondentes a 60%, 90%, 120%, 150% e 180% da evaporação do mini
tanque respectivamente. Observando todos os parâmetros agronômicos avaliados, a
lâmina de água mais eficiente para os mesmo, foi a que representou 150% da
evaporação diária do mini tanque evaporímetro.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Oliveira, D. ., Melo, M. R. ., Cardoso, J. ., & Lambert, R. A. . (2014). AVALIAÇÃO FISIOLÓGICA DO MILHO (Zea mays) SOB DIFERENTES LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE ITUMBIARA – GO. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2689