AVALIAÇÃO DA OCORRÊNCIA, FATORES DE RISCO E ASSOCIAÇÕES LABORATORIAIS HEMATOLÓGICAS PARA A TOXOPLASMOSE EM CÃES NA REGIÃO DE JATAÍ - GO, BRASIL

Autores

  • Jacqueline Paiva
  • Eliane Santos
  • Jefferson Fernando Pinto
  • Cecília Moreira

Palavras-chave:

cães, hemaglutinação indireta, prevalência, Toxoplasma gondii

Resumo

A toxoplasmose é uma zoonose causada pelo Toxoplasma gondii, um protozoário
intracelular obrigatório. Pode ocorrer pela ingestão de oocistos eliminados pelas
fezes de gatos ou por cistos presentes em carnes mal cozidas. Por ser uma doença
de interesse para a saúde pública, uma avaliação de sua ocorrência em cães se
torna importante. A soropositividade na população canina é um indicativo do risco de
exposição para humanos e outros animais susceptíveis. Neste estudo foram
incluídos 148 cães atendidos no Hospital Veterinário da UFG/Campus Jataí,
objetivando-se avaliar a associação entre diagnóstico sorológico e fatores de risco
para a toxoplasmose. A sorologia foi obtida pela Hemaglutinação Indireta (HAI). Para
avaliação dos efeitos das variáveis, os animais foram divididos em quatro categorias:
idade, sexo, raça e estação do ano. Os parâmetros hematológicos também foram
avaliados. Dos 148 soros, 50% (74) foram reagentes ao HAI. A soroprevalência
sofreu efeito da raça e da idade, entretanto, sem predileção por sexo nem estação
do ano. As raças definidas apresentaram-se como menos predispostas e a idade
acima de 97 meses foi tida como um fator de risco para a soropositividade.
Conhecer a distribuição e profilaxia da doença auxilia na adoção de práticas efetivas
de controle para que a infecção e disseminação no ambiente domiciliar não se
estabeleça.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Paiva, J. ., Santos, E. ., Pinto, J. F., & Moreira, C. . (2014). AVALIAÇÃO DA OCORRÊNCIA, FATORES DE RISCO E ASSOCIAÇÕES LABORATORIAIS HEMATOLÓGICAS PARA A TOXOPLASMOSE EM CÃES NA REGIÃO DE JATAÍ - GO, BRASIL. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2680