ACIDENTES OFÍDICOS EM ANIMAIS DOMÉSTICOS

Autores

  • Cristiane Cintra
  • Daniel Paulino Júnior
  • Luis Gustavo Dias
  • Lucas Pereira
  • Fernanda Dias

Palavras-chave:

animais domésticos, antídoto, envenenamento, serpentes

Resumo

No território brasileiro são descritas 69 espécies diferentes de serpentes
peçonhentas e o número de acidentes ofídicos, tendo como vítimas os animais
domésticos de pequeno e grande porte, é frequente. O número de casos não é
registrado com precisão, pois a notificação não é obrigatória. A maioria das picadas
é causada por cobras do gênero Bothrops (jararaca) e Crotalus (cascavel), as quais
podem causar danos locais e sistêmicos severos e irreversíveis. Os venenos
ofídicos possuem inúmeras substâncias com diferentes efeitos, como por exemplo,
anticoagulantes, neurotóxicos, miotóxicos, vasculotóxicos e proteolíticos. Os sinais
clínicos comumente encontrados em pacientes acometidos são dor, edema e
necrose no local da picada, sangramento nasal, hematúria, paralisia facial, dispneia,
entre outros. O diagnóstico deve ser baseado no histórico e sintomatologia do
animal, associado aos exames complementares, visto que não há testes definitivos.
Os acidentes ofídicos devem ser diferenciados de outras neuropatias causadas por
toxinas. O tratamento deve ser instituído o mais rápido possível com soro antiofídico
intravenoso específico, além da terapia de suporte. Diante da ocorrência comum de
acidentes ofídicos em animais domésticos, o objetivo do presente trabalho foi
discorrer sobre a ação dos venenos das serpentes peçonhentas, assim como os
sinais clínicos apresentados pelas vítimas, formas de diagnóstico e opções
terapêuticas.

Downloads

Publicado

2014-07-01

Como Citar

Cintra, C. ., Paulino Júnior, D. ., Dias, L. G. ., Pereira, L. ., & Dias, F. . (2014). ACIDENTES OFÍDICOS EM ANIMAIS DOMÉSTICOS . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(18). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2643

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>